QUASE OITO...


Uma vez um amigo me disse:

"Marcos, eu não posso fazer muito para proteger minha filha. Então eu entrego nas mãos de Deus e digo: Meu Deus, cuida dela pra mim, porque eu não consigo"...

E minha oração, todos os dias e noites, a partir daquele 17 de agosto de 2006 às 16h55 é justamente esta: "Meu Deus, cuida do Mateus pra mim, porque eu sou incapaz de protegê-lo como eu gostaria".

Mas há também, uma oração de gratidão. Eu ganhei um filho maravilhoso, um menino carinhoso, saudável, um ser humano cuja existência adorna este universo. O sorriso mais lindo e espontâneo que meus olhos tiveram o prazer de ver e meus ouvidos a sorte de ouvir sorrir!

Eu amo você Mateus... 
Agosto | 2014

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AMIGAS & AMIGOS

OBRIGADO PELOS PRESENTES!

DEZ ANOS