Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

INESQUECÍVEL

Imagem
Brincadeira de criança. Apesar da competição ainda é possível perceber a inocência e espontaneidade em pequenos gestos. Os pulinhos antes de sair em disparada atrás da bola, a dança despreocupada enquanto o jogo pega fogo do outro lado da quadra, ou as vozes ainda infantis ecoando pelo ginásio...

MATEUS, VERSÃO 1.0 - A FESTA!

Imagem
Dez anos de preparação! Treinos físicos, táticos e técnicos.Depois de tanto trabalho e esforço estes meninos receberam à recompensa.
Mateus 2006 (azul) & Amigos do Mateus (vermelho) fizeram um jogo digno de final de Copa do Mundo.  E o resultado? O resultado...

DEZ ANOS

Imagem
Mateus veio ao mundo às 16h55 da quinta-feira 17 de agosto de 2006, nasceu com 46cm, 2.970kg. Era uma tarde nublada, e ele chegou sem fazer alarde. De súbito, é verdade, mas, discreto e calmo como é até hoje...

PAI

Imagem
É gratificante ser Pai!
Receber beijo, abraço, carinho de um filho é maravilhoso, é revigorante, é um antídoto poderoso contra várias peçonhas. E para receber tudo isto basta um sentimento, o Amor.
Amor, use sem moderação! 
Pegue seu filho ou filha no colo e diga "eu amo você".  Beije, abrace e repita o quanto eles são importantes. Isso vale mais do que centenas de brinquedos ou passeios.
Rapidamente a gente aprende que palavras são somente, palavras. O que realmente convence é o exemplo. Então é preciso alinhar discurso e prática. Amar nossos filhos e disseminar amor. Contagiar o mundo atitudes gentis, proporcionar boas emoções. E se conseguirmos fazer nossa família feliz, amada e segura, o mundo melhor será apenas uma consequência...
Mateus, EU AMO VOCÊ!
Ser pai é ter a maravilhosa oportunidade de descobrir e sentir o amor incondicional. E o prazer de tornar tarefas simples em atos de puro heroísmo. Como cobrir uma criança numa noite de inverno, consertar o vídeo-game, ajud…

MEU HERÓI FAVORITO

Imagem
Meu Pai
Eu tenho sido injusto! Eu lhe falo sobre as coisas ruins que aconteceram entre nós. E eu tenho tanto pra lhe falar sobre o que aprendi com você e sobre os ótimos momentos que vivemos.
Você é um cara ranzinza mas, ops, coisas boas...
Eu não lembro daquela foto em que eu estava enrolado numa manta roxa, no seu colo no morro do Guanabara, numa manhã de outono de 1976. Mas, eu recordo das caronas na garupa da bicicleta, depois da lambreta, mais tarde os carros.
Eu lembro com carinho das várias manhãs que você acordava de madrugada para ir trabalhar. O Manduca chegava a toda velocidade aquela locomotiva maldita*, acordávamos você, mamãe e eu.Você saia ainda noite, escuro. E do seu suor, esta família criada.
*Talvez por isso eu quis ser maquinista quando era criança.
Eu lembro do quanto você esperava que eu fosse um bom aluno, estudioso e competente, talvez um Dr. E hoje sei, que foi porque você não teve a chance que eu tive de estudar. Pois é pai, não foi assim. Mas, eu me tornei …